horas

O dia foi mau e ele sabia que os dois seguintes não seriam melhores. Então teve a ideia de juntar os dois num só. Assim só seria mau o de amanhã e depois as coisas melhorariam. Traçou um plano. Hoje, naquele espaço entre o último segundo das 23 horas e o primeiro da meia noite, dava um salto. Deste modo não estaria na terra quando o novo dia começasse e saltaria um dia inteiro indo logo parar ao próximo. Enquanto estava no ar pensou “afinal não consigo juntar os dois, só me esquivo a um. Bom, pelo menos um dos maus já passou”.
Quanto desceu, pisou fortemente o alcatrão. Olhou para o calendário do seu relógio que de 4 passou para 6. Esquivou-se ao 5, ultrapassou sem dor essas 24 horas.
Ao andar alegremente, mesmo num dia mau, lembrou-se de repente que no de ontem que não aconteceu tinha um encontro marcado com a nova mulher da sua vida. O primeiro encontro.
Sentou-se e chorou. Afinal o dia mau que ele não viveu vai ficar marcado como o pior dos seus dias.

Advertisements

Leave a comment

Filed under Uncategorized

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s