tempo

A sua vida era dominada pelo tempo. Não do que faz frio ou calor, mas dos minutos, dos segundos, das horas. Do tempo que o próprio tempo tem. Vivia fascinado por relógios, comprava-os, exibia-os, desmontava-os, remontava-os, mas raramente usava um no pulso. Confiava no seu próprio relógio interno. Sabia quantos segundos eram uma passada e quantos minutos um quilómetro. Contava o tempo que esperava num semáforo ou numa fila para comprar um bilhete.
Nunca chegava atrasado. Aliás, preferia adiantar-se ao tempo do do próprio encontro. Apanhava grandes secas, é verdade. Mas não se importava. Nunca seria ele a atrasar o tempo.
Tinha duas grandes dores de cabeça por ano. Era quando a hora mudava. Era-lhe difícil mudar todos os relógios que tinha, dezenas, centenas. E tinha que ser ao segundo. Demorava uma eternidade e o último era sempre o mais difícil de acertar, pois já tinha passado bastante tempo da mudança horária.
Preparava-se sempre para este embate, mas perdia a calma, o jeito e a paz.
De tempos a tempos, até tinha vontade de esquecer o tempo. Mas depressa lhe passava.
“A seu tempo” – dizia – “a seu tempo conseguirei comprar tempo para me dar mais tempo”.
Numa qualquer manhã, levantou-se à hora certa, saíu de casa a tempo para ir apanhar o autocarro das 8h30. De repente, olhou para um relógio digital novo que a Câmara Municipal tinha colocado na praça. Estava adiantado dois segundos. Ao aproximar-se para ver melhor, foi colhido por um carro, sem tempo de reacção para se desviar do embate. Morreu a caminho do hospital sem tempo para sobreviver.

Advertisements

Leave a comment

Filed under Uncategorized

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s