botões

Neste Natal X pediu um comando de forward e rewind.
Só com esses dois botões.
O forward não permite grande coisa, pois não se sabe o que vai acontecer precisamente agora. E agora. Esperem… e agora.
Portanto, só servirá depois de fazermos um rewind e aí sim, podemos fazer um forward até qualquer parte já vivida. Como… agora.
Mas o rewind permite-nos escolher andar para trás, à velocidade x1, em câmara lenta ou muito depressa.
Podemos evitar erros e acidentes. Bom, se calhar não, pois ao fazermos forward passamos inevitavelmente por esses erros e acidentes.
Então para que servirá este telecomando? Será mais uma prenda cara e inútil? Será que o próximo modelo sairá melhor e mais barato?
Bom, na verdade X imagina-se deitado na cama, enroscado na mulher desse dia e depois, devagarinho, começa a fazer o rewind, movimento a movimento, posição a posição, cada vez mais roupa, cama impecável, o primeiro bejio, a primeira carícia e o primero olhar.
Depois stop. Aí mesmo nesse olhar. X gosta desse primeiro olhar, desse momento de entusiasmo que faz crescer água na boca. X deixaria o seu corpo e olhar em pausa e começaria a circundar o outro, olhando para a nuca, os cabelos, a anca, os mamilos. Depois regressaría ao seu corpo e faria play. Frame a frame até ao último fôlego. Até ao enroscanço.
X quer mesmo um destes comandos para o sapatinho.

Advertisements

Leave a comment

Filed under Uncategorized

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s