lua

Se no mundo existisse uma lua, seria lá que X moraria. Não era necessário uma lua muito grande, mas que tivesse espaço para se poder andar à vontade, brincar com o cão, tomar uma banhoca ao luar e estar longe e perto de tudo e todos.
O que X mais adoraria era poder soltar a lua das suas amarras e mudar de ares e território de tempos a tempos. Assim viveria nos continentes da sua predilecção, sobre os oceanos que o maravilham, poderia subir muito alto à noite e descer até ao chão durante o dia. É que no chão estão as raízes e as saudades da terra onde se nasceu. Essa mesma terra onde, num dia, uma pequena esfera cor de pérola caíu no seu quintal e foi crescendo, crescendo até chegar à sua dimensão actual.
Afinal viver no mundo da lua não é para todos, mas que é fantástico ninguém pode negar.

Advertisements

Leave a comment

Filed under Uncategorized

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s