desencontro

Esta é a aventura de um casal suis-generis. Cada um vivia na sua casa a uns bairros de distância. Decidiram assim porque prezavam a sua independência, contudo a paixão era grande e os encontros, ora na casa de um ora na do outro, eram escaldantes.
A vida corria assim até um dia em que tudo foi estranho.
Ele estava com saudades e foi a casa dela. Ela estava com saudades e foi a casa dele.
Cada um esperou umas horas e regressaram às suas casas exactamente ao mesmo tempo. Nenhum usava telefone, nem fixo nem móvel, pois gostavam da sua independência e não queriam ser molestados. Nesse dia não falaram. Mas no seguinte, cada um fez o mesmo percurso e esperou as mesmas horas à entrada das casas.
Passou uma semana e a dúvida instalou-se: será que o amor tinha terminado, será que havia alguém novo?
Durante o fim de semana, tanto ele como ela optaram por ficar em casa até que o outro aparecesse.
Nunca mais se encontraram.

Advertisements

Leave a comment

Filed under Uncategorized

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s