invisível

Esta é a aventura de W, um homem que sempre foi fascinado pela imagem, tanto animada como retratada. W tinha algumas posses desde pequeno e comprava sempre a última camcorder ou a mais recente camara fotográfica. Em todas as festas era ele quem filmava. Em todos os locais era ele quem fotografava. Tinha centenas de horas gravadas com amigos, trabalhos profissionais e até alguns esboços para filmes. As gavetas cheias com rolos de 35mm, polaroids e cartões de memória.
W tinha agora uma idade já avançada e sabia que não duraria muito mais tempo. Portanto, lembrou-se de organizar todo o seu espólio imagético e fazer um album com a vida dele. Começou nas primeiras coisas e reparou que não aparecia em nehuma foto e em nenhuma filmagem. Foi procurando durante dias, mas nada. W pura e simplesmente não existia.
Para um homem que adorava imagens, o choque foi profundo. W não tinha imagem, não existia e, por conseguinte, a imagem da sua pessoa depressa seria esquecida.
W ficou triste, mas já não havia nada a fazer. Reuniu albuns com as imagens dos amigos e enviou-os pelo correio como oferendas.
Depois fechou os olhos para descansar, mas nunca mais acordou.
No seu velório, todos os amigos apareceram e, por incrível que pareça, todos tinham fotografias e imagens com ele, tiradas por outras máquinas que estavam no mesmo grupo. Depositaram tudo ao lado dele, dentro do caixão.
W ficaria feliz se as visse.

Advertisements

Leave a comment

Filed under Uncategorized

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s