medo

Esta é a aventura de um homem que tem medo. Medo de perder, medo de ficar, medo de ir. Medo de tudo e de todos. A vida dele é, por vezes, uma autêntica rotunda com várias saídas em que ele se mantém a dar voltas.
Para ele, qualquer saída pode ser traiçoeira, pode ocasionar problemas, pode mudar para sempre a sua vida. E, por isso, vai continuando a dar voltas na rotunda, provocando uns acidentes aqui e ali, estafando-se com a concentração de evitá-los contra ele próprio, roendo as unhas até que tome uma decisão.
Este homem, num dia destes, tomou uma decisão. Foi por ali, onde a seta indicava o percurso. Foi ao desconhecido e não sabia o que iria encontrar.
Quando chegou ao destino, encontrou algo de bom, quase com a pureza de um limão. Viu um futuro, aceitou os desvarios.
Mas, passados uns tempos, eis que chegaram novamente as dúvidas, os medos e os próprios confrontos.
Conseguiu resolvê-los um a um, mesmo alguns mais difíceis. E agora que o fez só tem um outro e novo medo: o de ter perdido alguma coisa de bom na sua vida por causa dos medos que a sua vida continha..

Advertisements

Leave a comment

Filed under Uncategorized

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s