recados

Esta é a aventura de um homem que tinha um grave defeito, defeito esse que só era prejudicial para ele próprio: o nunca desligar os telemóveis, um de cada rede, por nada deste mundo. Era um problema de infância devido a ter assistido vezes sem conta à partida a meio da noite do seu pai devido a um telefonema, ainda para a rede fixa e única existente.
Desde miúdo que vivia assombrado por não estar contactável quando dele precisassem, fosse para resolver um problema ou para ajudar alguém a resolvê-lo. E assim passaram os anos, com os telemóveis ligados 24h non stop.
Até que chegou um dia em que o homem se fartou de ser escravo numa prisão que ele próprio construíu. Desligou os telemóveis e marcou uma viagem para se afastar deles.
Partiu sorridente. Seria uma quinzena perfeita e silenciosa.
Quando regressou a casa, satisfeito e descansado, ficou a olhar para os telemóveis. Ligou-os um a um e foi inundado por centenas de chamadas não atendidas e milhares de sms.
Nessa quinzena tinham nascido duas primas e um primo. A sua ex-mulher casou novamente, a sua filha decidiu emigrar para a Nova Zelândia, perdeu inúmeros trabalhos e até um seu amigo deixou de sê-lo pois tinha precisado de um conselho urgente.
O homem ficou perplexo. E nunca mais desligou os telemóveis.

Advertisements

Leave a comment

Filed under Uncategorized

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s